Fênix

 

 Editorial   Artigos & Resenhas   Expediente   Contato   Normas   Edições Anteriores  Indexadores
 

NOS 30 ANOS D’A JANGADA DE PEDRA: JOSÉ SARAMAGO E A ATUALIDADE DO DISCURSO DA “TRANS-IBERICIDADE”

Burghard Baltrusch
Universidade de Vigo – Cátedra Internacional José Saramago
burg@vigo.es

RESUMO: No trigésimo aniversário da primeira edição do romance de José Saramago A Jangada de Pedra (1986), que coincide com o trigésimo aniversário da adesão de Portugal e Espanha à CEE, é oportuno colocarmo-nos algumas questões sobre o significado do livro naquele momento, recapitulando a sua mensagem política ou ideológica sobre a relação da Península Ibérica com a Europa. Trata-se de demonstrar a atualidade e relevância de muitos aspectos da perspectiva saramaguiana sobre a relação das culturas ibéricas com o resto da Europa, uma visão radicalmente diferente daquela que vigorava na opinião pública de então.

PALAVRAS-CHAVE: José Saramago - A Jangada de Pedra - Península Ibérica - Europa - euroceticismo - trans-ibericidade.


IN THE 30 YEARS OF THE STONE RAFT: JOSÉ SARAMAGO AND THE ACTUALITY OF THE DISCOURSE OF "TRANS - IBERICITY"

ABSTRACT: Thirty years ago, in the same year when Portugal and Spain accessed the EEC, José Saramago published The Stone Raft (1986). For this reason it may seem appropriate to revisit the central political and ideological message of the novel, as far as the relationship of the Iberian Peninsula with Europe is concerned. The paper aims to show how many aspects of Saramago’sview on the relation between the Iberian cultures and the rest of Europe, which was radically differentfrom the one that prevailed in the public opinion of that time,are still relevant and up to date.

KEYWORDS:
José Saramago - The Stone Raft - Iberian Peninsula - Europe - eurocepticism - transibericity.

 

abrir  download

 
Fênix - Revista de História e Estudos Culturais | ISSN: 1807-6971 | Todos os direitos reservados.