Fênix

 

MenuMaker
 

DILEMAS DA MODERNIDADE TEATRAL: RECEPÇÃO DE LUIGI PIRANDELLO NO BRASIL DOS ANOS 1920

Rodrigo de Freitas Costa
Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM
rfreitascosta13@gmail.com

RESUMO: O amplo trabalho intelectual, literário e teatral desenvolvido pelo escritor Luigi Pirandello na Itália possui enorme reconhecimento de público e de crítica. Esse autor teve seu nome não só relacionado a importantes momentos e aspectos históricos e ideológicos de seu país, como também recebeu em 1936 o Prêmio Nobel de Literatura e tornou-se reconhecido como promotor do teatro moderno italiano no início do século XX. Suas proposições foram muito discutidas no Brasil no início dos anos 1920 e isso ocorreu de diversas formas. Além das companhias teatrais que encenaram peças de Pirandello, sobretudo em São Paulo, logo no início do século XX, muitos artistas e intelectuais brasileiros tomaram a obra do dramaturgo como referência. Frente a isso, este artigo pretende discutir especificamente a releitura que o crítico teatral Antônio de Alcântara Machado faz da obra do escritor italiano. Logo nos anos 1920, Alcântara Machado procurava fomentar um teatro moderno no Brasil, para tanto tinha um olhar atento para as vanguardas europeias do início do século e procurava dialogar com elas. Nesse ambiente, a sua atenção em relação ao teatro de Luigi Pirandello foi essencial para o projeto de favorecer a modernidade teatral em terras brasileiras.

PALAVRAS-CHAVE: Modernidade Teatral – Luigi Pirandello – Antônio de Alcântara Machado

DILEMMAS OF THEATRICAL MODERNITY: RECEPTION OF LUIGI PIRANDELLO IN BRAZIL DURING THE 1920S

ABSTRACT: The ample intellectual, literary and theatrical work developed by the writer Luigi Pirandello in Italy has enormous recognition of public and criticism. This author had his name not only related to important moments and historical and ideological aspects of his country, but also received in 1936 Nobel Prize for Literature and became recognized as promoter of modern Italian theater in the early twentieth century. His propositions were much discussed in Brazil in the early 1920s, and this occurred in a number of ways. In addition to the theater companies that staged plays in Pirandello, especially in São Paulo, early in the 20th century, many Brazilian artists and intellectuals took the work of the playwright as a reference. Against this, this article intends to specifically discuss the retelling that the theatrical critic Antônio de Alcantara Machado does of the work of the Italian writer. In the 1920s, Alcântara Machado sought to foster a modern theater in Brazil, so he had a close eye on the European vanguards of the beginning of the century and sought to dialogue with them. In this environment, his attention to the theater of Luigi Pirandello was essential for the project of favoring theatrical modernity in Brazilian land.

KEYWORDS:
Theatrical modernity – Luigi Pirandello - Antônio de Alcântara Machado.

 

abrir  download

 
Fênix - Revista de História e Estudos Culturais | ISSN: 1807-6971 | Todos os direitos reservados.