Fênix

 

MenuMaker
 

AUTOBIOGRAFIAS CATÓLICAS E A CULTURA MODERNA NOS SÉCULOS XIX E XX

Tiago Pires
Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP
tiago_pires@ymail.com

RESUMO: Propomos analisar a especificidade, o estilo narrativo e os usos de algumas autobiografias eclesiásticas de fins do século XIX e das primeiras décadas do século XX a fim de compreendermos as aproximações e apropriações feitas pela autobiografia de José Silvério Horta (1859-1933), que atuou como secretário do bispado, exorcista e sacerdote secular da Arquidiocese de Mariana. Para tanto, elegemos como material de análise algumas das autobiografias católicas que circulavam nessa conjuntura, como a História de uma Alma de Teresa de Lisieux e a Apologia Pro Vita Sua do cardeal John Henry Newman.

PALAVRAS-CHAVE: Autobiografia católica – Arquidiocese de Mariana – José Silvério Horta – ultramontanismo


CATHOLIC AUTOBIOGRAPHIES AND MODERN CULTURE IN THE NINETEENTH AND TWENTIETH CENTURIES

ABSTRACT: We propose to analyze the specificity, narrative style and the uses of some ecclesiastical autobiographies of the late nineteenth century and early twentieth century in order to understand the approaches and appropriations made by the autobiography of José Silvério Horta (1859-1933), who served as secretary of the bishopric, secular priest and exorcist of the Archdiocese of Mariana. We chose as analysis material some of the Catholic autobiographies that were circulating at that juncture, as the Story of a Soul of Thérèse of Lisieux and the Apologia Pro Vita Sua of Cardinal John Henry Newman.

KEYWORDS:
Catholic autobiography - Archdiocese of Mariana - José Silvério Horta – ultramontanis

 

abrir  download

 
Fênix - Revista de História e Estudos Culturais | ISSN: 1807-6971 | Todos os direitos reservados.