Fênix

 

MenuMaker
 

O SURGIMENTO DA LITERATURA HUMANISTA NA PENÍNSULA IBÉRICA: TRADUÇÕES E APROPRIAÇÕES DA CULTURA CLÁSSICA

Ricardo Hiroyuki Shibata
Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná – UNICENTRO
rd.shibata@gmail.com

RESUMO: Neste trabalho, procuramos mapear um histórico dos modos de apropriação da cultura clássica por letrados humanistas das cortes de Portugal e de Castela, no século XV. Trata-se, em verdade, não de uma iniciativa individual ou mesmo, ao modo positivista, do esforço de um único indivíduo, porém, de fato, de uma série de iniciativas que, articulados em seu conjunto, conseguiram aclimatar as letras da Antiguidade Clássica ao contexto muito particular da Península Ibérica. Nesse sentido, em particular, é necessário de examinar, ais de perto, as iniciativas de alguns homens de letras do período, que, por meio de traduções, glosas e comentários, indicaram os caminhos para a constituição estratégica de uma literatura de caráter vernacular.

PALAVRAS-CHAVE: Humanismo; século XV; Antiguidade Clássica


THE RAISE OF HUMANIST LITERATURE IN THE IBERIAN PENINSULA: TRANSLATIONS AND APPROPRIATIONS FROM CLASSICAL CULTURE

ABSTRACT: In this work, we try to establish the ways of appropriation of classical culture in the Iberian Peninsula, especially, in Portugal and Castile reigns, in the 15th century according to some works of humanist character. As we know, it was not an individual effort or even, in a positivistic way of thinking, a specific effort, however, a series of events, which, articulated in general, came to reactivate the Classical Literature to the singular context of Iberian Peninsula. In particular, it means to examine the actions of some men of letters from that period, which, by translations and commentaries, pointed out the directions of a strategic constitution of a vernacular literature.

KEYWORDS:
Humanism; 15th century; Classical Antiquity.

 

abrir  download

 
Fênix - Revista de História e Estudos Culturais | ISSN: 1807-6971 | Todos os direitos reservados.